O Google está comprometido em promover a equidade racial para as comunidades negras. Veja como.
This page was translated by the Cloud Translation API.
Switch to English

Modos de relatório

Os sensores podem gerar eventos de diferentes maneiras, chamados modos de relatório; cada tipo de sensor possui um e apenas um modo de relatório associado a ele. Existem quatro modos de relatório.

Contínuo

Os eventos são gerados a uma taxa constante definida pelo parâmetro sampling_period_ns passado para a função em batch . Exemplos de sensores que usam o modo de relatório contínuo são acelerômetros e giroscópios .

Em mudança

Eventos são gerados apenas se os valores medidos foram alterados. A ativação do sensor no nível HAL (chamando activate(..., enable=1) nele) também aciona um evento, o que significa que o HAL deve retornar um evento imediatamente quando um sensor em troca é ativado. Exemplos de sensores que usam o modo de relatório de alteração são os tipos de sensor de contador de passos, proximidade e frequência cardíaca.

O parâmetro sampling_period_ns passado para a função em batch é usado para definir o tempo mínimo entre eventos consecutivos, significando que um evento não deve ser gerado até que sampling_period_ns nanossegundos decorridos desde o último evento, mesmo que o valor tenha sido alterado desde então. Se o valor for alterado, um evento deverá ser gerado assim que sampling_period_ns tiver decorrido desde o último evento.

Por exemplo, suponha:

  • Ativamos o contador de passos com sampling_period_ns = 10 * 10^9 (10 segundos).
  • Caminhamos por 55 segundos e depois paramos por um minuto.
  • Os eventos são gerados a cada 10 segundos durante o primeiro minuto (inclusive no tempo t=0 por causa da ativação do sensor t=60 segundos), para um total de sete eventos. Nenhum evento é gerado no segundo minuto porque o valor da contagem de etapas não mudou após t=60 segundos.

Um disparo

Após a detecção de um evento, o sensor se desativa e envia um único evento através do HAL. Ordem importa para evitar condições de corrida. (O sensor deve ser desativado antes que o evento seja relatado através do HAL). Nenhum outro evento é enviado até que o sensor seja reativado. Movimento significativo é um exemplo desse tipo de sensor.

Os sensores one-shot são chamados de sensores de disparo.

Os parâmetros sampling_period_ns e max_report_latency_ns transmitidos para a função em batch são ignorados. Eventos de eventos únicos não podem ser armazenados em FIFOs de hardware; os eventos devem ser relatados assim que são gerados.

Especial

Consulte as descrições individuais dos tipos de sensores para obter detalhes sobre quando os eventos são gerados.